Questão:
Dicas para gravar tiros
Miles B.
2010-05-07 08:07:52 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Estou indo para a Pensilvânia para ajudar nas filmagens neste fim de semana e estou muito animado porque estarei gravando tiros como cortesia de um grupo local de reconstituição da Guerra Civil. Nunca tentei gravar tiros antes, então gostaria de algumas dicas. O número máximo de faixas que posso gravar é 4, pois estarei trabalhando em um 744T, então meu plano atual é usar um microfone dinâmico para capturar o impacto e um microfone m / s para capturar o decaimento. Quais configurações vocês usaram? Posicionamentos? Obrigado por suas respostas.

~ Cheers

Milhas

ATUALIZAÇÃO - Obrigado pelo conselho! A filmagem foi adiada até o mês passado, então tive mais tempo para me preparar. Eu caí com um 744T, 702 e um Nagra. As amostras de tiro ficaram realmente boas. As gravações do Nagra não eram muito limpas, mas tinham uma boa qualidade "Western", então vou embolsá-las para depois.

@Miles B. Então o Nagra era um gravador? parece que você teve uma ótima configuração de gravação. Que armas você estava gravando? Eu ficaria muito interessado em ouvir algumas amostras.Haydn
@Haydn Payne. Sim, o Nagra é um velho gravador mono. Quanto às armas, estávamos usando uma réplica de mosquetes Springfield 1861. Eles têm um CRACK incrível e realmente batem no seu peito. Demorou um pouco para acertar os níveis ... bem, meio que certos. Não tenho certeza se gerenciei bem a dinâmica, mas mexer nas amostras no ProTools leva a uma reprodução fiel :-D Vou carregar algumas amostras quando as coisas não estiverem tão agitadas.
Sete respostas:
#2
+4
Chuck Russom
2010-05-07 09:02:06 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Não tenho certeza de quais microfones você tem acesso, mas se eu tivesse apenas 4 canais eu usaria um estéreo Sennheiser 416, Neumann RSM 191, dependendo da situação, o 4º canal pode ser um dinâmico ou outro condensador.

#3
+4
Nick Meade
2010-05-07 12:14:50 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Sei que, em um tiroteio médio, gravarei cerca de 12 a 18 canais: 3 x 744 e alguns 702/722 / FR2 colocados no local deixando gravando o dia todo. Como você tem apenas 4 canais, certifique-se de capturar o máximo de perspectivas possível:

Microfones de contato na própria arma; SM57 no mecanismo de disparo / gravação pinMuzzle com um 416 e um SM57

Perspectiva média com microfones mono e estéreo

Perspectiva distante; tente gravar em várias direções, se puder. Colinas, terras planas, rochas, florestas, tudo faz o crack / decadência do som da gravação muito diferente.

Não se esqueça de tentar gravar alguns bullet bys. Talvez traga um mellon ou dois para respingos ??? (Um melão cheio de água / suco / pudim / gelatina soa muito bem quando atingido por uma bala!)

A combinação de todas essas gravações é o que torna uma biblioteca incrível para criar os sons de sua arma.

Nick

PS - Não se esqueça da proteção auditiva! Tampões de ouvido ou um conjunto desses da BH Photo funcionam muito bem! http://tinyurl.com/2ce2gq8

Contate o mic como um elemento piezo? Isso é intenso. Eu tenho um contato feito em casa ... Vou tentar isso.
#4
+4
Matthew Freed Audio
2010-08-17 23:59:01 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Estou quase terminando de trabalhar em um longa-metragem que tem seções importantes que acontecem durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Iraque. Muitos tiros, aviões, tanques, helicópteros e explosões! Tenho usado um 744t e um 702 como gravadores e alguns 442 como mixers. Meus microfones têm sido uma espingarda mono Sanken CS-3E, um estéreo Sanken CSS-5, um par de SM57 e um Sennheiser 416. Coloquei o 57 perto da arma ou da explosão, o 416 cerca de 50 pés atrás, o Sanken CSS- 5 a cerca de 25 metros de distância e o Sanken CS-3E a cerca de 30 metros. Coloque almofadas variáveis ​​em TODOS os seus microfones. Usei um pad Shure -25db em todos os canais, além de ter os botões de ganho bem baixos. O impacto da explosão ainda registra cerca de -20 db nos medidores com um pico de cerca de -5 db. Então, eu fui capaz de obter tiros / explosões ótimas, limpas e cheias de som.

Uma das armas que gravamos foi uma MG42 usando balas originais da Segunda Guerra Mundial. Evidentemente, o único outro filme que tem o som autêntico de um MG42 foi O Resgate do Soldado Ryan. Os espaços em branco usados ​​para aquela arma soam COMPLETAMENTE diferente de uma bala original. Então, meu ponto é, atire balas de verdade, se for possível, porque os espaços em branco podem ou não soar como deveriam. A metralhadora Thompson Sub e a 1919 são da mesma forma ... os espaços em branco soam diferentes de balas reais.

Então, vá para um campo de tiro dentro ou fora e dispare algumas balas! E sim, TRAGA PROTEÇÃO PARA OS OUVIDOS E OS OLHOS.

Divirta-se!

você instalou longos cabos de microfone e travou todos os gravadores junto com o C.Link? ou deixar todos os gravadores funcionando selvagem?
Eu divido os gravadores em vez de passar cabos longos. Ainda tínhamos alguns cabos longos, mas os gravadores não estavam travados via C.Link. Achei que as explosões agudas criaram pontos de sincronização bastante precisos! Quando puxei os arquivos para o meu computador, apenas alinhei a primeira foto de cada arquivo e tudo estava perfeitamente em fase e alinhado com o tempo.
#5
+2
Rene
2010-05-07 20:18:45 UTC
view on stackexchange narkive permalink

aqui está outro artigo de Charles Maynes

http://www.gamasutra.com/features/20070104/maynes_01.shtml

Chuck e Charles são os homens com esse conhecimento. Não pode errar com o conselho de qualquer um!
#6
+1
Miguel Isaza
2010-05-07 10:14:41 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Outra ótima leitura sobre Guns, especialmente Bullets: http://www.firearmsid.com/Feature%20Articles/soundofbullets/soundofbullets2.htm



Estas perguntas e respostas foram traduzidas automaticamente do idioma inglês.O conteúdo original está disponível em stackexchange, que agradecemos pela licença cc by-sa 2.0 sob a qual é distribuído.
Loading...